Falar de Camilo…

"... Quem me iniciou na leitura de Camilo foi minha mãe. Tem sempre, à cabeceira da cama, aqueles volumezinhos encadernados em percalina vermelha,...

Tantos Torgas para um homem só…

Tantos Torgas para um homem só. Aquele dos Bichos ou o dos Diários? O dos Contos da Montanha ou o da Vindima? O das Pedras Lavradas ou o da...

Quando ainda escrevia nos jornais…

(memórias de há 2 anos) Habituei-me a começar o ano, cumprindo um ritual. À lareira, ouvindo a Orquestra Filarmónica de Viena no seu belíssimo...

Joaquina

Lembro-me agora da Joaquina. Lá, em Portalegre, naquela velha casa daquela velha rua, sempre que lá ia, lá estava ela. Sim, Dona Aurora, respondia à...

Mais perto do mundo…

Regresso aos lugares do costume. No café, a senhora que escolhe sempre a mesa mais afastada da porta da rua parece conformada por estar ocupada. Não...

Dezembro, 26

De regresso ao lugar do costume, em dias que enrolam o tempo. Serão sempre dias atípicos. Algumas lojas fechadas, cumprindo o tradicional ritual de...

Pequenos gestos

Comecei o dia com o pedido de um livro bonito. De alguém que estimo para alguém que estimo. Um dia estimável, digamos assim, mesmo antes de ter a...

Namora

Fernando Namora foi um viajante. Viajou por dentro de cada um dos doentes que o visitavam. E viajou por fora também. A sua obra segue os passos da...

Fiolhais…

Com o frio que chegou de mansinho, há uns tempos que não entro na sala do fundo. É a sala do caos onde se vai (des)arrumando tudo aquilo que o tempo...

A dialéctica das palavras

Por estes dias em que tanto se fala e arrasta a negra friday fazendo-a coincidir com a duplicação de receitas de alguns, o mercado é quem mais...

Um Animal de Quatro Cartas

Um Animal de Quatro Cartas ou como o génio de Camilo se percebia onde quer que fosse. Esta é a história de um burro que Camilo, já trôpego no andar,...

Do terramoto

1 de Novembro de 1755. Fosse por pressentimento, fosse pelo destino, Gabriel Malagrida rezara missa mais cedo do que era costume. Passou à capela,...

Senhores de Fátima – Torres Novas e os acontecimentos da Cova da Iria

Já disponível por cá o último livro de João Carlos Lopes “Senhores de Fátima – Torres Novas e os acontecimentos da Cova da Iria”. Não é nova a...

A morte e também o resto… (que a estátua sobreviva)

Não fora o Diabo e seria suposto estar a festejar-te. Não sei se por Seide se na Samardã, ou mesmo na ralação da Cadeia, mais perdição que Relação...

Guilherme de Faria

Conheci o José Rui Teixeira já lá vão uns anos. Foi um tal Guilherme que, sem o saber, nos apresentou. Num acaso, mais um, tropecei na primeira...

Eça, mais um ano…

Mantenho-me em pousio das escritas de fundo. Enquanto o mar bate na rocha, continuo no lugar do costume. Os mais distraídos tropeçam de quando em...

Escritos vadios

Tenho pena de nunca ter tido aulas de literatura clássica. Se há coisas que faria hoje e que não fiz naquele tempo, essa era uma delas. Agora, nem...

A colheita do dia – Belém e Arredores através dos tempos

Mais que curioso, deste se pode dizer ser um livro interessante. Ou muito. Por ele se ficam a conhecer os meandros do sitio do Restelo, da sua...

A colheita do dia – Obras de Arnaldo Gama (2 Vol.)

Arnaldo Gama (1828-1869) nasceu pouco depois de Camilo e morreu quase vinte antes. Tendo vivido apenas 41 anos, teve tempo para se formar em...

A colheita do dia – Cartas a Columbano

Um dos grandes prosadores da língua portuguesa, Manuel Teixeira-Gomes viajou, ‘refugiou-se’ e escreveu. Tudo isso depois da sua carreira...

A colheita do dia – Antologia de Poetas Modernos Portugueses

Conjunto de livro e fotografia. Nesta antologia estão representados alguns dos maiores nomes da nossa poesia, entre eles, Camilo Pessanha, Gomes...

A colheita do dia – Diário – Sebastião da Gama

Poeta e pedagogo Sebastião da Gama fez da Arrábida a sua 'Serra-Mãi'. Cursou Filologia Românica e tendo sido professor em Estremoz e Setúbal....

A colheita do dia – Perfil transmontano de Trindade Coelho

Neste livrinho de trinta e uma páginas se percebe como se pode dizer muito, escrevendo pouco. Entre transmontanos não há meias medidas. Ou sim, ou...

A colheita do dia – Os Maias – Volume II, 1ª edição

Quem, tantos anos depois continua a gerar incómodos, desconforto e mesmo alguma polémica, não pode deixar de ser grande. Maior que a medida daquela...

A Colheita do Dia – THEATRO DE MANOEL DE FIGUEIREDO – TOMO II – MDCCLXXV

"... Que importa a doutrina dos Mestres? de que aproveita a lição dos Livros? os documentos da Historia? a crítica dos Filosofos? a moralidade da...

A colheita do dia – Epitome Da Vida, Acções e Milagres do Glorioso Padre / SANTO ANTONIO / DE LISBOA

Raro livro setecentista, publicado ainda antes do terramoto de 1755.   Epítome Da Vida, Acções e Milagres do Glorioso Padre / SANTO ANTONIO / DE...

A colheita do dia – Rimas de Bocage

Rara 1ª edição do terceiro e último volume das Rimas de Bocage, publicado aos 38 anos do poeta, em 1804, dois anos antes da sua morte. Os dois...

Sim, partiu um monge…

Sempre que parte alguém 'maior', percebemos que se somos todos iguais haverá sempre uns mais iguais que outros. Faz parte da natureza humana. Pelo...

A colheita do dia – Os Militares e o Poder

A democracia mais que doente, parece não encontrar quem a queira salvar. Nos hospitais, os médicos, todos os profissionais de saúde, quando entra um...

Junqueiro, 100 anos depois…

"No Porto, o Poeta. Em Lisboa, o 'Junqueiro'. Nariz de Dante, testa de Victor Hugo, barbas de Tolstoi"... ora sobrenatural ora terrestre, por vezes...

A colheita do dia – A “Obra do Resgate” e o Criptojudaísmo no século XX

“… quer isto dizer que nem todos os criptojudeus são marranos mas que todos os marranos são criptojudeus…” A “Obra do Resgate” e o Criptojudaísmo no...

A colheita do dia – Dicionário de Invenções

Folhear esta relíquia, é assim como que pedir a uma startup dos dias de hoje, um plano de negócios em pleno século XIX. Sem ipads, iphones ou lá o...

A colheita do dia – Elucidário Madeirense – segunda edição (notavelmente acrescentada)

Com mais de 1300 páginas em três volumes, esta segunda edição desta obra de vulto (notavelmente acrescentada), "Comemorativa dos Centenários da...

A colheita do dia – 13 cartas do cativeiro e do exílio

Há pedaços de vida que, qual sumo de limão, depois de espremidos parecem caber num copo com duas ou três pedras de gelo. Este livro que vos trago...

A colheita do dia – A Pintura Maneirista em Santarém

Se há voz autorizada na matéria, Vítor Serrão é uma delas. Neste seu trabalho de 1971 fala-nos de Santarém como centro pictural, dos mestres da...

A colheita do dia – Alma Nacional

Rara colecção desta Revista Republicana que veio a lume no limiar do 5 de Outubro, editada e dirigida por António José de Almeida. Publicada entre...

A colheita do dia – Por dentro de mim dou a volta ao mundo

Dizia David Mourão-Ferreira que "...na poesia de Couto Viana, os problemas valem por os sentirmos radicados em preocupações existenciais (...), que...

A colheita do dia – A Casa e o Mundo

"... Aos que me são queridos, deixo as coisas pequenas. As grades são para todos...", Rabindranath Tagore Tagore, 'a Sentinela da Índia' - Era assim...

A colheita do dia – Novas Cartas Portuguesas entre Portugal e o Mundo

«Só sei que há mistérios demais em torno dos livros e de quem os escreve; mas convindo, principalmente a uns e a outros, a humildade (...) Às vezes...

A colheita do dia – Salomé e Outros Mitos

"... O mito de Salomé, a que se juntam outras figuras do feminino perverso, conheceu uma grande voga na literatura e nas artes dos finais do século...

A colheita do dia – Álvaro Siza, 90 anos

Ainda a propósito dos 90 anos de Álvaro Siza Vieira e para quem não se apercebeu, recordo a sua participação na NERVO/16, ilustrando a capa (e não...

A colheita do dia – O Triunfo dos Porcos

Passam hoje 120 anos sobre o nascimento de George Orwell, autor de uma das mais conhecidas fábulas políticas alguma vez escritas. «O Triunfo dos...

A colheita do dia – Francisco José Viegas

Do Francisco José Viegas se poderia dizer muito porque muito tem feito. Do Pocinho à Origem das Espécies é assim como que um homem dos sete ofícios...

A colheita do dia – Casa de Escritores no Alentejo

Viajando por aí, abro-vos as portas a algumas das casas de escritores do Alentejo. Quais espaços de inspiração, a sua topografia literária não se...

A colheita do dia – Armorial Lusitano e Nobreza de Portugal e do Brasil

Belíssimo conjunto completo dos 4 volumes do Armorial Lusitano (1 Vol.) e da Nobreza de Portugal e do Brasil (3 Vol.); Direcção e coordenação do Dr....

A colheita do dia – A Criação do Mundo IV

Sempre que me vem à mão o Torga da Criação, rendo-me, devagarinho, a este criador seco por fora e acolchoado por dentro. Ele que a páginas tantas...

A colheita do dia – Divina Comédia. Dante Alighieri

Desta se diz ser uma das belas e cuidadas edições portuguesas, com ilustrações de Manuel Lapa, António Areal, João Abel Manta, Rogério Ribeiro,...

A colheita do dia – As Intermitências da Morte

A colheita do dia (no dia em que passa mais um ano sobre a morte de José saramago) E se, de um momento para o outro, ninguém morresse? Assustado,...

A colheita do dia – Os melhores contos de Thomas Mann

Entrar na sua escrita é como entrar naquela casa, "... a grande casa patrícia, grisalha da idade... por cima da porta 'Ora et labora'. Eu sentava-me...

Sugestões

0

Carrinho